Contactos

Telefone: 275434230
Morada: Rua do Adro, N.º9, 6300-115 Gonçalo
Email: freguesiagoncalo@mail.telepac.pt

Caracterização

Gonçalo é uma freguesia portuguesa do concelho da Guarda, com 27,10 km² de área e 1 167 habitantes (2011). Densidade: 43,1 hab/km², situa-se numa das vertentes NE da Serra da Estrela e dista 22 km, da sede de concelho.

A freguesia de Gonçalo confronta com as freguesias Fernão Joanes, Vale de Estrela, Famalicão, Valhelhas, Vela (Concelho da Guarda), Belmonte e Colmeal da Torre (Concelho de Belmonte), Vale Formoso e Aldeia do Souto (Concelho da Covilhã).

A freguesia é bastante rica em termos de património, compreende lugares como o Castelo dos Mouros, a Fraga e as Quintas de Avereiro, da Cruz de Pedra, das Seixinhas e da Senhora da Misericórdia, entre outras. Foi priorado do padroado real e pertenceu ao concelho de Valhelhas, que foi extinto em 24 de Outubro de 1855.

A sua sede foi elevada a vila a 21 de Junho de 1995, em que à data atual é realizada uma festa no âmbito da comemoração da sua elevação a vila.

Na Freguesia existe um leque de associações nomeadamente, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Gonçalo, Sport Clube Gonçalense, Associação “Os Sarrafos”, Associação Gonçalo Ativo, Comissão Fabriqueira da Igreja e Centro Social e Paroquial de Gonçalo.

Algumas das atividades económicas locais são: Industria de alumínios, restauração e comercio (sete cafés, um minimercado, supermercado), três salões de cabeleireiro, e um salão de estética, esta freguesia é também fortemente marcada pela atividade agrícola, nomeadamente, na colheita de produtos frutícolas.

 

No que diz respeito a equipamentos a freguesia dispõe de:

Serviços Públicos

– GNR;

– CTT;

– Centro de Saúde;

– Farmácia

Educação

– Centro Escolar;

– Jardim de Infância;

Lazer

– Campo de Futebol;

– Polidesportivo;

Os eventos de cariz cultural e religioso são:

Festa de Nossa Senhora das Cabeças – Seixo Amarelo
Realiza-se a 15 de Agosto;

Festa de Nossa Senhora da Misericórdia
Realiza-se dia 7 e 8 de Setembro;

Passos e Enterro do Senhor
Tem lugar na Sexta Feira Santa.

Principais Polos de atração turística

A Freguesia de Cavadoude é bastante rica em termos de História e Património histórico, salientam-se o património arquitetónico religioso, que integra a sua igreja matriz do século XVI, com um imponente altar-mor de estilo Barroco, erguido na segunda metade do século XVII.

  • Capela do Espírito Santo, reconstruída a partir de uma antiga capela de estilo românico, destacando-se o seu belo pórtico.
  • Capela do Calvário, com um belíssimo pórtico e alpendre do Séc. XVI.
  • Capela de Nossa Senhora da Misericórdia, reconstruída no início do século XIX (1807), de estilo João V, a partir de uma pequena capela primitiva ali existente.

As Memórias Paroquiais da Diocese da Guarda referiam, ainda, a existência de mais quatro capelas. A capela de Santa Sabina, de que resta a fachada, na mesma rua a que deu o nome. Era uma capela privada pertencente a D. Brites de Mendonça, residente em Gonçalo e a D. Fernando Costa Cardoso, da vila de Castelo Branco.

Em termos de Património Natural da Vila de Gonçalo fica situada no sopé da Serra da Estrela, num maravilhoso vale que se inclina sobre a bacia do Rio Zêzere, possuindo um microclima impar na região, muito favorável ao crescimento espontâneo de verga e vime (matéria-prima da cestaria), junto às várias ribeiras que entrecruzam o vale em direção ao rio.

As serranias de Gonçalo, embora afetadas pelos incêndios das últimas décadas, privilegiam o crescimento autóctone do carvalho negral.

Aliás, o carvalho negral é, precisamente, o principal símbolo heráldico da vila, representando o Carvalho Grande ou Carvalho Santo, como também alguns lhe chamam, uma verdadeira maravilha natural, árvore centenária e classificada como árvore de interesse público pelo ICNF, sendo ponto de partida e de chegada para aqueles que têm fé na Senhora da Misericórdia, a cujo culto esta árvore se encontra intimamente ligada.

O Carvalho Grande da freguesia de Gonçalo, embora se encontre bastante fragilizado na sua estrutura, é uma árvore mítica e ancestral, marca da cultura e matriz da sua identidade.

Produtos Endógenos

Produtores

Joaquim Birra – Produtor de produtos frutícolas, nomeadamente maçã;

Jorge Birra – Produtor de cereais e vacas de leite;

Delfina Cardoso – Produtor de produtos frutícolas.

Gastronomia

A freguesia de Gonçalo, tem uma cultura gastronómica associada ao cabrito assado.

 

Artesanato

Gonçalo é uma freguesia onde a produção de cestos em verga e vime ainda assume um papel importante na atividade económica local. A cestaria de Gonçalo revela-se de uma importância extrema, não só por ser uma atividade milenar -“uma tradição que advém, segundo se crê, de uma época muito anterior à ocupação romana, numa altura em que Gonçalo estava localizado num Castro e onde já se usavam cestos como utensílios quotidianos” – como também por se apresentar como o “berço” da cestaria fina do país. A grande maioria dos cesteiros que existem em Portugal teve as suas raízes nesta localidade. A este fator acresce, ainda, os cesteiros de Gonçalo estarem vinculados a circuitos comerciais, muito ligados a uma ruralidade que, cada dia que passa, se faz mais memória.

Atualmente os cesteiros existentes na freguesia são:

Hélder Saraiva – Artesão de Cestaria;

Alberto Carvalhinho – Artesão de Cestaria;

Carlos Pina – Artesão de Cestaria;

António Vaz – Artesão de Cestaria